Seminário "Enfrentamento da Distorção Idade-Série"

Durante todo o dia 08 de junho estivemos no Seminário "Enfrentamento da Distorção Idade-Série" realizado pelo Ministério Público do Estados do Rio Grande do Sul. O evento abordou a distorção que ocorre no Ensino Fundamental e a necessária correção de fluxo escolar.

 

 A abertura da atividade foi realizada pelo Subprocurador-geral de Justiça para Assuntos Institucionais, Sr. Marcelo Lemos Dornelles. Durante sua fala expressou sua preocupação a defasagem, a evasão escolar, a drogradição e muitos outras situações que permeiam negativamente a Educação. Os outros membros da Mesa ratificaram a fala do subprocurador-geral de acordo com suas vivências e atribuições dos órgãos onde atuam. A promotora-corregedora, Sra. Daniela Lucca da Silva; o diretor do Centro de Estudos e Aperfeiçoamento Funcional, Sr.Luciano de Faria Brasil; a secretária-adjunta de Educação do Estado, Sra.Iara Wortmann; o representante da Presidência do Tribunal de Contas do Estado-TCE-RS, Sr.Cesar Miola; o presidente da UNDIMERS, Sr.André Lemes da Silva; a representante da FAMURS, Sra.Marlise Fernandes; a coordenadora Estadual da União Nacional dos Conselhos Municipais de Educação - UNCME-RS, Sra. Fabiane Bitello Pedro; a representante da Secretaria de Educação de Porto Alegre, Sra.Karen Wagner Correa; o presidente em exercício do Conselho Estadual de Educação do Rio Grande do Sul, Sr.Hilário Bassoto; a representante do Conselho Municipal de Educação de Porto Alegre, Sra.Clarice Gorodicht; e o representante da Associação dos Conselhos Tutelares do Estado, Sr.Jeferson Leon compuseram a Mesa de Abertura.

 

O Ministério Público e o Tribunal de Contas do Estado estão trabalhando em conjunto para que a Educação tenha avanço por meio dos impactos sociais, sustentabilidade ambiental, FICAI e ações para combater a criminalidade.

Após da Mesa de Abertura os/as presentes foram agraciados com a apresentação Musical da Orquestra Jovem do Rio Grande do Sul que tocaram música clássica, rock e encerram com a tradicionalista "Eu sou do Sul". Em todas as apresentações o público, que lotou o Auditório Mondercil Paulo de Moraes, aplaudiu de pé os musicistas. O Maestro enfatizou a importância da Educação Musical nas escolas ao se pensar em um futuro melhor.

 Para encerrar o turno da manhã a Sra. Andressa Pellanda - Coordenadora de Políticas Educacionais da Campanha Nacional pelo Direito à Educação dialogou sobre  a Distorção Idade-Série e a Exclusão Escolar. Durante a sua fala abordou o sucesso, a permanência e a aprendizagem dos/as estudantes, uma vez que "Fora da Escola não pode" de acordo com as ações da Campanha. Discorreu também sobre a busca ativa dos/as estudantes, a diversidade, o CAQi e o CAQ, a EC 59, a Educação Inclusiva, o Paulo Freire, o PNE, que a BNCC não tende o anseio do Ensino Médio, o Ensino Técnico, o novo FUNDEB, a Educação Infantil. ao final solicitou  que todos/as precisam se apropriar dos debates e se engajar para garantir a Educação de qualidade Social para todos e todas sem exceção. E mais, que é preciso implementar o Plano de Gestão Democrática, que o CAQi prevê a esta ação e as melhorias nas Propostas Pedagógicas, concluiu reforçando que os CMESs precisam auxiliar neste processo.

 

Os painéis da tarde expuseram pesquisa sobre o tema e experiências exitosas acerca da correção de Fluxo. Primeiro Painel tratou "Distorção Idade-Série no Estado do RS e Pesquisa na Rede do Vale dos Rio dos Sinos e o segundo "Alternativas para o Enfrentamento da Defasagem Idade-Série e a Correção de Fluxo. Abaixo seguem algumas das apresentações realizadas:

 

 Distorção Idade-Série na Rede Estadual de Ensino

Correção de Fluxo: alternativas para o enfrentamento da defasagem Idade-Série e a Correção de Fluxo Escolar

Defasagem Idade/Série noa Região do Vale do Rio dos Sinos

Enfrentamento da Distorção Idade-Série: IFSUL

Projeto Meta- Metodologias Ativas para a Correção da Distorção idade- série

Abordagem Trajetórias Criativas: práticas inovadoras para jovens de 15 a 17 anos

 

O público questionou muito sobre os relatos apresentados e ao final ficou a indicação que é preciso corrigir o fluxo, mas principalmente, pensar estratégias para que o currículo ofereça oportunidades de aprendizagem a todos e todas e dessa forma não gere mais estudantes para as turmas de correção de fluxo ou para a evasão.

 

O Seminário provocou muitas inquietações, mostrou a realidade de vários municípios, mas também apontou algumas soluções, pois a resolução de fato dependerá de cada Rede de Ensino.

 

Abaixo fica o registro dos CMEs presentes no evento e aqueles que acompanharam via on line.

 

 

 

 

 

Parabenizamos a iniciativa do Ministério Público do Estado do Rio Grande do Sul e a UNCME-RS, de acordo com as suas atribuições, é parceira dos Municípios para auxiliá-los nas questões educacionais.

 

 

 

Please reload

Destaques

Assinatura do Termo de Cooperação do TCE-RS com a UNCME-RS

1/7
Please reload

Av. Dom João Becker, 271 sala 04
Centro - São Leopoldo / RS
CEP: 93010-010
E-mail: uncmers@gmail.com          
Telefone: 51 989-22-8945 / 51 992-61-1113
Siga nossas Redes Sociais
  • Facebook Social Icon
  • Instagram Social Icon
  • YouTube Social  Icon
Nossos Parceiros:
Clique Aqui e faça contato conosco